Últimas públicações

Vereadores comentam sobre os 59 anos de Inácio Martins

Imagem Ilustrativa
Divulgação


As sessões ocorrem nas segundas-feiras, às 17h30min

Na sessão ordinária da Câmara Municipal de Inácio Martins, realizada no dia 26 de novembro, os vereadores pautaram a Indicação de Serviço n. º 035/2019, do Vereador Jorge Boeira, solicitando “Serviço de iluminação pública a partir da Rua Duque de Caxias, até o Conjunto Habitacional Bela Vista”. Após a leitura o proponente justificou o seu pedido e a matéria foi encaminhada ao executivo. Também foram lidos os convites para inauguração do Centro de Atendimento às Pessoas com Deficiência - Sede da APAE, que ocorreria no dia vinte e nove de novembro, às 15horas, e para a Cerimônia de Premiação da Maratona Intelectual Olavo Alberto de Carvalho, numa parceria do Rotary Club local e Secretaria Municipal de Educação, no Salão Paroquial, também no dia vinte e nove de novembro.

Na tribuna o Vereador Jorge Boeira registrou as comemorações de mais um ano de existência do município, dizendo que trazia muita alegria em seu coração em ver o desenvolvimento que vinha ocorrendo no nosso município, a alegria do povo, e as benfeitorias que a cada dia deixava a cidade mais bonita e mais feliz. Disse que com o compromisso do prefeito Junior Benato com o povo martinense, não poderia deixar de expressar, sendo uma pessoa natural de Inácio Martins,  nascido e vivendo no município, onde teve seus filhos nascidos e crescendo em Inácio Martins, sabe que terão um futuro muito lindo na cidade, que serão o futuro desse município. Falou que andando pela Vila Nova ficava impressionado pelas mudanças que vem ocorrendo no bairro nos últimos anos, onde podiam observar calçadas e pavimentação. Citou a COHAPAR II que há muito tempo tinha ficado esquecidos e agora tinha calçamento com pedras irregulares, tendo ficado muito bom para trafegar no local e também muito bonito, acabando com o pó e dando alegria para as pessoas que ali moravam. Parabenizou a gestão do atual prefeito que vinha executando um bom trabalho, com compromisso, que com certeza serviria para a população que a cada dia era atendida com esses benefícios e investia mais na cidade. Encerrando, deixou parabéns à administração, ao prefeito e a equipe de trabalho, que se dedicam em prol do município. Também ao cidadão martinense, que produzia o alimento lá na roça e trazia até a cidade, citando nesse caso as melhorias que tinham sido feitas na estrada até Gavazone, recém recuperada, contou que ficou uma maravilha para chegar até Cruz Machado.

O Vereador Laureci comentou a sua ida nesse dia junto com o presidente e o Vereador Nelsinho, ao Palácio do Governo, a convite da Deputada Cristina Silvestri, para a qual tinha trabalhado no município na última eleição. Contou que junto ao Chefe da Casa Civil, Guto Silva, tinha ocorrido a assinatura de convênios para cerca de quarenta municípios, e que havia enviado ofício à deputada solicitando recursos na faixa de setenta mil reais para a agricultura, cujos convênios haviam sido assinados nesse dia e em breve esses recursos deverão chegar ao município, para uso dos produtores rurais. Quanto a indicação do Vereador Jorge, para iluminação pública, lembrou que o Vereador Gil havia comentado que a COPEL estava levando até dois anos para atender à reivindicação do município com relação à ampliação da rede. Lembrou que no primeiro ano desse mandato, tinha feito uma indicação para a comunidade Vila Nova, tendo refeito esse pedido recentemente, e assim esperava que juntamente com o pedido do Vereador Jorge o executivo estivesse atendendo essa parte da Vila Nova, na Rua Pedro Stresser Sobrinho, até o chamado loteamento do Neguinho. Também parabenizou Inácio Martins pelos 59 anos dizendo que nos últimos anos o município vinha tendo uma evolução muito grande, principalmente em infraestrutura e parabenizava o prefeito Junior desde seu primeiro mandato, onde havia iniciado essa mudança, mas também o Prefeito Valdir Cabral, pelo período de dez meses e ainda o prefeito Marino por três anos, e agora novamente o prefeito Benato dando continuidade as obras e aos projetos iniciados pelo prefeito Marino e outras obras novas que estavam sendo executadas. Disse estar vendo que a cidade ainda tinha muita coisa a ser feita e com relação ao bairro da Vila Nova, onde não podiam deixar de lembrar que as obras nesse bairro eram com recursos do Deputado Bernardo Carli, onde o prefeito Marino tinha dado início, não sendo possível a conclusão, e que o prefeito Junior tinha concluído. Com relação ao calçamento nesse bairro disse que não sabia de onde o Vereador Jorge tinha tirado a proporção comentada, pois só tinham calçadas até próximo a igreja. Com relação à COHAPAR II, disse que o calçamento tinha ficado muito bom e melhorado bastante, mas via que faltava as galerias, que não tinham sido feitas e a água ficava escoando pela rua, mas já tinha melhorado bastante. Ao final do uso da Tribuna o presidente corrigiu que o conjunto habitacional citado pelos dois vereadores era COHAPAR I, e não a COHAPAR II como tinham citado.

Na a ordem do dia, nada constou para votação. Na explicação pessoal, o Vereador Gilnelson, aproveitou a fala dos colegas vereadores e sobre a fala do Vereador Jorge, em relação às obras, complementou que nesse dia tinha sido iniciada uma obra bastante importante, lembrando que muitas Indicações de Serviço dos vereadores, solicitavam melhorias no bairro Curtume e nesse dia iniciaram-se as obras de adequação das ruas desse bairro, com um material fresado, sendo um material que antigamente era descartado, pois não sabia-se o quanto servia para colocar nas vias urbanas, pois firmava-se na rua e era quase um asfalto, ficando compactado se sobrepondo ao cascalho deixando a rua muito melhor de transitar e também deixando uma base muito boa para depois vir com o asfalto em cima, o que daria uma qualidade muito boa naquelas ruas, considerando que o ideal seria o asfalto, mas deveriam ir por passos, contando que outros bairros receberão esse material, sendo um serviço bem interessante, e assim achavam que teriam um ganho muito grande de qualidade de transito nessas ruas. Em relação aos pedidos de serviços dos vereadores para obras de iluminação pública, falou que antigamente era a COPEL quem executava os serviços e assim podia atender o município em um período de seis meses, porém esses serviços foram terceirizados e não dava mais para fixar prazos de execução, pois após a privatização tinha ficado muito ruim. Também quanto à iluminação pública falou que era necessário a rede de baixa tensão, o que deixava bem mais fácil para a instalação de luminárias, mas se depender da COPEL instalar primeiro a rede de baixa tensão, aí esse processo demora mais, pois precisaria de projetos e novamente deslocar a COPEL, o que se tornou bem burocrático. Registrou os parabéns para o município, sendo um lugar agradável e muito bom de se viver, dizendo que ficava muito feliz em saber que esse município vinha evoluindo aos poucos e aqueles que virão depois, como filhos e netos, as gerações futuras, estarão com a cidade e o município bem encaminhados, para que pudessem ter o mesmo prazer que tem em viver aqui.

A Vereadora Sandra Daniel deixou os parabéns ao município, ao completar seus 59 anos, enfatizando que o município teve muitos ganhos nos últimos anos e em todo esse contexto de comemorações não poderia deixar de destacar a exposição realizada pela Secretaria da Educação na semana anterior, onde todas as escolas participaram de alguma forma, fazendo uma retrospectiva da história e mostrando pontos turísticos do município, alguns que até então nem conhecia, falando do comércio local e do que existia, relembrando inclusive o saudoso Clube Guarapuavinha, que tinha ficado muito orgulhosa em ver o quanto as crianças eram criativas e os professores dedicados, principalmente para que as crianças conhecessem e também dessem valor para as coisas do município, considerando que muitas pessoas não conheciam a história e assim desvalorizavam muito o município. Falou que o resgate de tudo isso mostrou o que o município ganhou nos últimos anos, o que tem sido muito importante, por isso deixou os seus parabéns a todos os envolvidos, para mostrar o quanto essa cidade é linda e que todos amavam, e assim estavam buscando fazer dela a melhor cidade da região.

O Vereador Sid Lopes também destacou alguns eventos que tiveram em comemoração aos 59 anos do município, reforçando as palavras da Vereadora
Sandra em relação à EXPOARTE, que foi uma retrospectiva desde o primeiro ano até aqui. Destacou a realização do rodeio no final de semana e contou que tinha participado durante a semana na Câmara Municipal, da premiação do Concurso Cultural de 59 anos do município, promovido pelo informativo Na Hora Notícias, onde mais de mil alunos participaram e na última quinta-feira, foram premiados, o qual teve a honra de representar o Legislativo Municipal. Também falou sobre o torneio realizado no dia vinte e cindo, na quadra de futebol sintético, com a presença de quatorze equipes masculinas e duas femininas, com premiação do primeiro ao quarto lugar.

O Vereador Nelsinho iniciou destacando o aniversário da cidade, dizendo que dificilmente deixará esse município, para morar em outro. Sobre a fala do Vereador Jorge, lembrou que nos três anos de mandato com o prefeito Marino tiveram bastante conquistas para o município, muitas obras iniciadas, algumas concluídas, e muitas outras, o prefeito Benato está terminando ou já terminou. Sobre o asfalto da Vila Nova, disse que achava importante relembrar que no passado, antes do falecimento Deputado Bernardo Ribas Carli, estiveram no gabinete desse deputado, junto com o Vereador Laurici, intervindo sobre aquela obra, que estava emperrada devido a alguns problemas técnicos, onde a SEDU
de Guarapuava não estava querendo executar a obra e assim agendaram uma
visita a SEDU e que após foram juntos com o deputado falar com a pessoa chamada Junior, que atualmente era assessor do Chefe da Casa Civil Guto Silva, que deixou as portas abertas para quando precisassem.  Contou que esteve ainda junto na SEDU, o prefeito Benato e a assessora técnica Taís, e junto com o pessoal técnico do governo do estado bateram o martelo para que fosse realizada aquela obra, em torno de duzentos mil reais. Disse ter ficado entristecido com o prefeito, em uma live na sua rede social, falou que estava perdido aquele recurso e havia resgatado, disse que às vezes é ruim usar somente o termo “eu” e deveria ter contado essa história, quando estiveram juntos, pois hoje infelizmente o Deputado Bernardo não estava mais presente para ser a pessoa que melhor poderia falar do que tinha ocorrido naquele instante, que tinha sido um esforço de todos os citados, mas as vezes na política as pessoas tiravam alguns do lado e colocavam apenas suas metas, citando que inclusive muitas obras que tinham no município tinha a assinatura do mandato anterior, pois se fosse contar, eram mais de vinte e três milhões de reais que haviam conseguido junto ao Governo do Estado e Federal em três anos.  Contou que muito escutava que o prefeito está indo bem e que sempre fala, as vezes sendo repetitivo, que os nove vereadores contribuem para isso, que muitos recursos traziam para o município, destacando os recursos conseguidos nesse dia pelo Vereador Laurici, o qual considerava ser muito atuante, que tinha muito respeito com a população martinense, que faz um excelente trabalho com as pessoas e também com sua influência política que no momento era muito forte e assim conseguia trazer recursos para o município. Citou também o presidente da casa e o Vereador Sidon, que conseguiram recursos recentemente, que nesse dia teria a inauguração da obra do Centro Social, que era com recursos conseguidos pelo Vereador Sid, e muitas outras coisas, então as vezes era ruim usar somente o termo “eu”, e achava que quem estava na política tinha que saber reconhecer suas falhas

O presidente Bello, falou que havia recebido algumas reclamações de pessoas do Assentamento José Dias, onde estava acontecendo uma onda de assaltos na comunidade, segundo alguns moradores, os quais contaram que a Policia Militar daqui não podia ir até lá, por ser em uma região do município de Guarapuava. Disse que no dia seguinte verificaria se isso era verídico, e que através da casa mandaria um ofício para que fosse feito um patrulhamento pela polícia de Guarapuava, pois a onda de roubo era muito grande e as pessoas estavam preocupadas e assustadas. Sendo martinense desde 1994, disse ter visto o município crescer muito culturalmente, lembrando que quando veio morar em Inácio Martins, era apenas um micro-ônibus que fazia o transporte de universitários e hoje a demanda é grande, sendo quatro ônibus. Disse que o município tinha crescido, desenvolvido com a participação das últimas administrações, citando o exemplo das ruas centrais, todas asfaltadas, construções de escolas e investimentos em educação e estradas. Sendo que o único problema é a geração de empregos. Parabenizou o município pelos 59 anos de emancipação, mas que tinha uma história bem maior do que esses 59 anos

Texto: Da redação, com reprodução da ATA