Últimas públicações

Segue para sanção do Executivo projeto que cria o aplicativo “Salve Maria”


O projeto é assinado pela deputada Cantora Mara Lima (PSC)

A Assembleia Legislativa do Paraná aprovou em redação final durante sessão plenária desta segunda-feira (9) o projeto de lei 50/2019, . Agora o texto segue para sanção, ou veto, do Governo do Estado. De acordo com a proposta, o aplicativo vai viabilizar o envio de denúncias da população de forma anônima. As mensagens serão encaminhadas através de um canal seguro e recebidas por um servidor público que dá seguimento para que sejam tomadas as providências cabíveis ao caso.
“Vivemos atualmente em um mundo digital. Não podemos perder a oportunidade de ter um aplicativo em nossos celulares que venham socorrer mulheres vítimas de agressões”, afirmou a autora do projeto. Ainda segundo a matéria, a medida irá atender mulheres que possuem medida protetiva concedida pelo Poder Judiciário, que estão em situação de ameaça ao descumprimento pelo agressor, ou que estiverem em situação de iminente agressão. 
Pronunciamentos
As celebrações do Dia Internacional da Mulher; as ações de combate à violência contra as mulheres; os trabalhos da Frente Parlamentar de Apoio às Santas Casas de Misericórdia e Hospitais Filantrópicos; a campanha contra a dengue; as concessões de estradas e aeroportos no Paraná; e as demandas na área de saúde da região Oeste do estado estiveram entre os temas debatidos em plenário na sessão desta segunda-feira.
Pronunciaram-se nas tribunas os deputados Delegado Recalcatti (PSD); Douglas Fabrício (PSD); Michele Caputo (PSDB); Luciana Rafagnin (PT); Homero Marchese (PROS); Tadeu Veneri (PT); Maria Victoria (PP); Marcio Pacheco (PDT); Professor Lemos (PT); e Hussein Bakri (PSD).
Texto: Reprodução Assessoria ALEP